Halux Rigidus – Artrose

Halux Rigidus

O Hálux Rigidus caracteriza-se pela desordem degenerativa articular no primeiro dedo do pé, que leva ao desgaste da cartilagem (artrose). A rigidez articular é decorrente do aumento de volume da articulação do hálux, secundária a formação de bicos, protuberâncias ósseas e ao grau de desgaste da cartilagem articular.

O hálux rigidus é frequentemente confundido com o hálux valgus (joanete) ou é secundário a esta patologia em grau grave.

A evolução da doença pode evoluir para o bloqueio completo do movimento do dedo do hálux. As contusões repetitivas e fraturas podem ocasionar lesões na cartilagem e levar ao desgaste precoce, esta evolução pode ser agravada pela obesidade, encurtamento da musculatura posterior da perna, sapatos inadequados e excesso de atividades que podem sobrecarregar as articulações do dedos principalmente do dedão e causar esta patologia.

O tratamento sem cirurgia é indicado nos casos leves e iniciais em que a dor é esporádica, com nenhuma ou mínima perda do movimento, com intuito de retardar a evolução da artrose. Para esses casos, é indicado o uso de medicação anti-inflamatória, imobilização temporária e modificação do tipo de calçado – a avaliação do médico é imprescindível.

O tratamento cirúrgico é indicado na maioria dos casos, já quando existe perda do movimento e a dor torna-se um sintoma constante. A patologia é degenerativa e evolutiva, por isso as técnicas cirúrgicas variam de acordo com a avaliação clínica da dor e da rigidez articular e do grau de artrose ao estudo radiográfico (exame complementar), tem por objetivo de melhora da função e principalmente da dor durante a marcha e atividades laborativas.

Assine nossa newsletter

Top